Uma Carteira É Um Perfil

Uma Carteira É Um Perfil

O conceito de carteira está profundamente enraizado na cultura das criptomoedas, investimento, negociação, DeFi e Web3. Afinal, é um requisito para a participação, mas esse requisito garante uma abundância de liberdade no gerenciamento das finanças pessoais e da interação social.

O mundo cripto ainda está em rápida evolução na cultura, tecnologia e percepção. O que chamamos de "carteira" já pode atuar como identificação, como galeria de arte, como "direito de se gabar," como chave de um evento privado ou de uma comunidade. E - como o resto do cripto - ainda está crescendo. As "carteiras" estão evoluindo para abranger ainda mais. Uma carteira já é uma identidade. Um perfil. Um local de informação, não para exploração de corretoras de dados, mas nas mãos do usuário. Sua identidade sob seu controle. É a isso que tudo se resume. Em DeFi, arte, comunidades, o cripto empodera as pessoas com mais liberdade e mais controle sobre seus próprios dados e propriedades.

Nós vencemos?

Um perfil web2 tem sido historicamente uma expressão de presença nas mídias sociais. Mas as empresas da web2 reconhecem o verdadeiro potencial disso. Elas simplesmente falharam na sua execução. Aqueles que utilizam Google, Facebook ou outras grandes companhias de tecnologia provavelmente reconhecerão a conveniência que essas empresas ofereceram com sua mudança para o login único (single sign-on).

Criando uma nova conta? Não se preocupe, faça login com o Google. Mas isso foi o mais longe que eles conseguiram. E, como adoramos mencionar, se

us incentivos são fundamentalmente incompatíveis com os axiomas da Web3. Google, Facebook, etc. desejam oferecer suporte à conveniência dos usuários, mas apenas na medida em que isso lhes permita continuar coletando seus dados. Seus modelos de negócios exigem que se comportem como parasitas da privacidade e dos dados pessoais.

Elas coletam milhares de informações sobre você para criar um perfil digital que elas vendem para outras pessoas e companhias. Esses terceiros usam esse perfil para te bombardear com anúncios e também podem usá-lo para prever e influenciar seus comportamentos e decisões. Isso tem acontecido sem o seu conhecimento ou permissão. Sua informação está à venda. Você se tornou o produto.
  – Privacidade | Transparência de rastreamento de aplicativos | Apple

Lembre-se de que seus dados ajudam a manter o Facebook "gratuito":

Web3 é a intersecção entre moeda digital, identidade digital, comunidade real, e não se limita à conveniência e publicidade direcionada. Os perfis da Web3 não são explorados para ganho corporativo. Eles não são apenas coleções de dados ou mercados adequados para publicidade direcionada. Eles são identidades. Pessoas.

Conforme a Web3 continua evoluindo, as identidades terão espaço para se manifestar de forma ainda mais completa e as pessoas se mudarão para os novos sistemas que se alinham com seus incentivos.

A Web2 se apegará cada vez mais desesperadamente às perversões de dados e afastará cada vez mais usuários, em busca de uma maneira de participar do ambiente em evolução da comunidade humana, o metaverso (o metaverso Web3, não o mimetismo de Zuckerberg), enquanto evitando os sacrifícios de privacidade exigidos pelos "perfis" da web2.

Para as pessoas atraídas ao mundo cripto pela simplicidade, não há nada com que se preocupar. Uma "carteira" ainda é uma carteira, seja o que for que esteja ao lado dela, e continuará a funcionar como tal. Mas em termos de capacidade, não é mais apenas uma carteira.

Os avanços nas criptomoedas estão começando a aumentar. Ainda estamos no início. Os perfis Web3 são o começo. As instituições de violação de privacidade, censura e controle corporativo estão desmoronando. As pessoas estão tomando suas identidades em suas próprias mãos. Sua carteira/perfil está - e sempre esteve - sob seu controle. E você está obtendo mais liberdade e privacidade à medida que o metaverso continua a crescer.